Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

A POSTILA

A P O S T I L A

Flores Feitas de E. V. A.

E

Cestas de Jornal

INSTRUTORA: SUELY MESQUITA

‘’Dê um destino mais nobre ao jornal velho, trasforme-o em cestos e vasos. ’’

Editorial

Fazer arranjos florais é uma maneira de aumentar sua renda.

Presentear alguém, ornamentar a sua própria casa, além de ser uma ótima terapia.

Neste curso você aprenderá todas as técnicas das flores feitas em E. V. A.

Um curso completo onde você se profissionalizará e com certeza irá começar a comercializar os seus trabalhos.

Em vez de ir para o lixo, o jornal velho tem agora um destino bem mais nobre: ele se transforma em cestos, vasos e até móveis. Cada vez mais, as tramas de canudinhos trançados fazem bonito na decoração.

Vá em frente, um abraço.

.

Suely Mesquita

Como prepara a anelina

-Mistura um vidro de anelina em meio litro de álcool

Como pintar a farinha

- Mistura na Farinha Anelina Dissolvida no tom desejado e deixar secar. Caso queira a farinha de 2 cores ou mais misturem, depois de seca uma outra.

Miolo das flores (papoula)

-Feito no arame 18, papel crepom da cor desejada dobrado ao meio, enrolando no arame 18 até ficar da espessura de 1 lápis.

Pôr cola farinha colorida e depois de seco amarrar o monofio.

-E fazer o acabamento com crepom verde.

Com giz de cera

Pintar-se só as cores claras, como branca, amarela, e etc.

Depois das pétalas prontas, quer dizer, coladas cabinhos, golfradas, é que se pinta.

Como fazer as flores.

-Riscar.

-Recortar.

-Colar cabinhos com cola de isopor ou cola de sapateiro.

-Golfrar.

-Pintar com giz de cera.

-Montar flores e galhos de folhas.

Riscar e recortar de acordo com o tamanho das flores.

Ex: Papola serenata com 9 pétalas.

Se você quiser a flor maior coloca-se 15 pétalas e assim para as demais.

As quantidades do curso

1°Arranjo

13 Papoulas serenatas

12 Rabos de pavão

2° Arranjo

12 Papoulas portuguesas

16 Pavãozinhos

Folhas para 1° e 2° arranjo

10 Papoulas portugueses

10 Rabo de pavão

04 Pavãozinho

Montagem das flores

1° Arranjo

1 Papoula serenata com 9 pétalas.

1 Botão da serenata com 4 pétalas e uma folha do rabo do pavão.

1 Rabo do pavão com 8 pétalas.

1 Botão do rabo de pavão com 4 pétalas e uma folha da mesma.

Para as hastes

1° arranjo

4 Hastes da filha do rabo de pavão no arame 18 interior.

4 Hastes da folha do rabo de pavão na metade do arame 18.

2° Arranjo

1 Papoula Portuguesa com 8 pétalas .

1 Botão da Portuguesa com 4 pétalas e 2 folhas da mesma.

2 Pavão Zinho com 8 pétalas e 2 folhas da mesma.

Pra as hastes 2° arranjo

4 Haste da Portuguesa no arame 18 intera.

4 Haste da Portuguesa na metade do arame 18.

Curso de cestaria.

A moda agora é reciclar: é ecologicamente correto e ainda mais em conta em muitos dos casos. Sem falar na terapia que o trabalho manual proporciona, na possibilidade de renda extra, ou mesmo de um novo passatempo.

Com a técnica de cestaria, você poder criar objetos de utilidade como descanso para panelas, cesto para papeis, porta lápis e ainda criar uma série de novos objetos para o seu lar ou para presente!

Nesta apostila, forcemos um roteiro com os princípios básicos da cestaria, para confeccionar uma útil bandeja.

A partir do domínio dos primeiros passos, sua imaginação vai poder realizar o que quiser , produzindo peças exclusivas com o seu toque pessoal!

Material:

· Jornal Usado

· Tesoura

· Cola Branca

· Látex Branco

· Verniz (em pó)

COMO FAZER:

Para fazer canudos:

1. Dobre meia página de jornal em três partes;

2. Corte no sentido vertical;

3. Passe cola em toda a extremidade antes de começar a enrolar;

4. Enrole cada uma das partes no sentido da diagonal. Cole a ponta final;

OBS: Repita até formar 200 canudos.

5. Além dos canudos normais, você vai precisar de nove canudos mais grossos, chamados de canudos pilares. Para fazê-los, dobre uma folha inteira de jornal ao meio, corte uma tira de quatro dedos das extremidades e despreze;

6. Enrole a parte maior da folha, formando canudos mais resistentes;

7. Passe cola na ponta final e cole, finalizando o canudo.

Iniciando a bandeja:

1.Coloque os canudos lado a lado e corte as pontas, para que fiquem com o mesmo cumprimento;

Coloque quadro canudos grosso juntos sobre a mesa;

3.Traspasse um canudo grosso no centro dos quatro. Passe-os por cima do primeiro e por baixo do segundo, por cima do terceiro e por baixo do quarto;

4.Traspasse outro canudo, agora ao contrário ,por baixo do primeiro, por cima do segundo, por baixo do terceiro, por cima do quarto.

5.Repita o processo mais três vezes até completar cinco canudos traspassados;

6.Comece a tecer com o primeiro canudo traspassado. Dobre-o e vá passando-o por baixo e por cima de cada um dos canudos, alternadamente;

7.Vá fazendo a volta. Quando este canudo acabar, emende com um canudo fino (chamado de tecedor) e continue trabalhando. Comece a suspender os canudos pilares, dando o formato de uma bandeja;

8.Quando chegar na altura desejada, dê o acabamento dos canudos pilares, empurrando-os com a ajuda de um lápis para dentro da cesta.

9.Impermeabilize a peça com cola diluída em água, utilizando um pincel;

10.Dê três demãos de tinta látex branca, esperando a secagem entre uma demão e a outra;

11.Pinte na cor desejada, com um pincel ou com um pedaço de algodão, dando aparência de pátina;

12. Finalize a peça, envernizando com verniz ou cola branca.

Dicas e Truques

# Mantenha sempre um estoque de matéria prima, prevenindo-se para encomendas de última hora;

#Quando estiver trançando, aperte bem os canudinhos, assim a peça fica mais firme e resistente;

#É muito importante que o trabalho tenha bom acabamento. Esconda muito bem as pontas que sobraram dos canudinhos para que não soltem;

#Os pincéis, depois de usados devem ser muito bem lavados e guardados com as cerdas para cima;

#Impermeabilize todas as peças depois de prontas, com a cola branca diluída em água antes de começar a pintura;

#Se quiser dar um aspecto de envelhecido, passe nogueira com algodão ma peça, antes de envernizar

Agora você já pode soltar sua imaginação, Lembre-se que a prática leva a perfeição, portanto não desanime nos primeiros trabalhos, se algo não sair como o planejado. Com persistência e dedicação você chega lá...

SUCESSO E UM GRANDE ABRAÇO ♥ ♥

SUELY MESQUITA